FIV Ovinos

A Fertilização In Vitro em Ovinos

A aplicação comercial da FIV em ovinos e caprinos foi iniciada pela In Vitro Brasil em 2006, com sucesso e resultados comprovados.

2006 - Busca de tecnologia em centros de pesquisa na Austrália e Canadá.

2007 – Inicio comercial da técnica, produzindo atualmente mais de 100 prenhezes/mês, sendo o único laboratório a prestar esse serviço no Brasil

2008 – Exportação de Embriões da raça Sta. Inês para Colômbia.

Diferente da técnica em bovinos, a obtenção de oócitos de ovelhas ou cabras é feita por via cirúrgica, dando-se preferência a técnicas menos invasivas. Os oócitos são maturados e fertilizados in vitro e os embriões, com uma média de 75% de produção, são transferidos para as receptoras.

A In vitro Brasil é pioneira no Brasil e o único laboratório a produzir in vitro e comercializar embriões de ovinos e caprinos, com média aproximada de 45% de prenhez.

A técnica permite a multiplicação mais rápida de animais com boa qualidade genética e supera a eficiência dos métodos de transferência de embriões convencional, além de poder ser realizada a cada 15 dias, na mesma doadora.

Os índices de produção demonstram a eficiência da técnica. É recuperada uma média de 14,3 oócitos por doadora, sendo que 64% deles apresentam condições morfológicas satisfatórias e são classificados como viáveis.
Em média, são produzidos 7,3 embriões por ovelha doadora e, após a transferência dos mesmos para receptoras devidamente sincronizadas, 45% delas apresenta diagnostico positivo de gestação aos 40 dias.

Saiba mais sobre a Fertilização In Vitro